Cuiabá - MT, 20/10/2021 às 07:36 hs

Coluna Essencial em 10/05/2021

Amigos que enchem minha vida de amor. Divido com vocês, a melhor energia, o amor!

Clique para ampliar

Dá pra sentir o amor de mãe e filha  no ar com a felicidade da minha amiga Dalva Costa, a vovó da temporada, - da Olivia -  trazida por  Fernanda  e  Jonas.  Todo o amor do mundo pra essa familia linda, que eu amo! Vivas à Olivia!

Clique para ampliar

Maria Fernanda Mallet, minha amiga linda Nanda, está em SP, passando temporada de cuidados de saúde com a filhota Gabi que já está quase 100%. Força guerreira, Deus é bom o tempo inteiro! 

Clique para ampliar

Rodrigo Esteves meu amigo amado,idolatrado salve-salve - enfeitando a coluna de hoje com seus sobrinhos  lindos - puxaram ao tio - hehe. Avante, Dourado! 

Gostou? então compartilha ai!

Super

Soneto do Amigo por Vinicius de Moraes, para todos os meus amigos, que há muito não vejo :

 

Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica...

A Saber:
Os versos falam de uma amizade duradoura que tem atravessado os anos, servindo como uma espécie de âncora para o eu-lírico que encontra no amigo não nomeado uma espécie de abrigo.

Vinicius de Moraes (1913-1980) destaca como a relação de amizade, antiga, é sempre recriada e, apesar das idas e vindas, os dois acabam ao final se aproximando.

O soneto sublinha também o sentimento de partilha, a ideia de identificação que o sujeito poético sente ao trocar ideias com o amigo. Os versos singelos são um elogio profundo à amizade.

 

... boa semana, amigos-leitores. Cuidem-se!