Cuiabá - MT, 29/06/2022 às 21:17 hs

Coluna Essencial em 07/02/2022

Amigos que fazem acontecer são meus colunáveis, sempre! Minha análise do BBB22, que é o espelho do país vergonhoso em que vivemos. Confiram!

Clique para ampliar

Casal querido Mônica e Cledson Oliveira, em momento "turistando no Rio", e com certeza, também por lá, pesquisando novidades para a big party do empresariado que farão acontecer em março com o Prêmio Revista Destaque Magazine. Sou fã!

Clique para ampliar

A Presidente da Febraccos Aninha Monteiro, recebeu na semana passada, em Maceió o Oscar Alagoano, super honraria aos que mais se destacam em suas áreas de trabalho. Ela é colunista social, embaixadora do turismo de Alagoas e presidente da Federação Brasileira de Comunicadores e Colunistas Sociais. É só sucesso, a minha amiga!

Clique para ampliar

Produções lindas, naturais, bem elaboradas, de super bom gosto sempre, fazem parte do portfólio do Studio 202, que tem profissionais incrivelmente competentes, carinhosos e engajados em entregarem o resultado perfeito aos seus clientes. Adoro!

@studio202 - Goiabeiras Shopping.

Gostou? então compartilha ai!

Super

Sobre o BBB22

Assisto desde a 1ª edição. Parei por alguns anos, e voltei com tudo ano passado.

Digo a todos que o BBB é uma terapia de graça. Ali, a gente consegue analisar completamente a sociedade brasileira. Mundos paralelos lá, e aqui.

Ontem, o Tiago Abravanel afirmou que  desconhecia o FIES. Porque no Brasil, não basta ser rico, é preciso ser idiota. É necessário viver no mundo da Disney, literalmente. Eles acham lindo.

Enquanto as pessoas morrem e passam fome, pessoas sem noção fazem graça nas redes sociais, rasgando dinheiro, e "foda-se" o "resto".

Esse é o BBB. Esse é o Brasil. O preconceito grita. Enquanto a produção manda looks incríveis para Jade, que é milionária e tem mais de 15 milhões de seguidores, faz o look mais simplório e feio, para a Jessilane. Ok, é o estilo dela, porque óbvio que ela nunca teve oportunidade de ter outro estilo, ela é professora substituta e ganha 1200$ por mês, em Brasília. 

A médica Laís, mal consegue terminar uma frase. Deve ter feito uma faculdade bem ruim,  e é ela que vai cuidar dos mais necessitados no SUS.

A Linn da Quebrada é a pessoa que vale ali. A dor a transforma todos os dias. Um travesti. Eu torço muito para que ela vença, pra dar um tapa na cara desse país atrasado. 

Ela é genial. Assistam no Globoplay " Bixa Travesty" que é um documentário forte e incrível, em que ela atua sobre a própria realidade.

Com a Linn, eu consigo ainda respirar, e ter a esperança de que tem mais gente por aqui, para a nave mãe vir resgatar, quando fizer também, o meu resgate.

Deixem o preconceito de lado, e permitam-se assistir ao BBB22 com toda a inteligência que você possui. O Brasil está ali, absolutamente, escancarado! 

Pronto! Tá falado!

Pra pensar:

(...) é preciso ter coragem para ser de verdade quem você escolheu ser. É preciso ter maturidade para perceber em qual momento você deve fazer algumas concessões mas de forma que isso não suje o seu coração. É preciso ter lucidez para não se deixar levar pelo medo e pela histeria. É preciso ter empatia para perceber que não está sozinho no mundo. É preciso ter compaixão para enxergar no outro a dor que sentes. É preciso ter amor para não sucumbir a tanto ódio e indiferença.

Tico Santa Cruz

... e é isso, e é sobre isso. Boa semana!